Projeto Polvos do amor auxilia recém-nascidos

Elas desenvolvem por aqui, na Grande Florianópolis, e já pelo Estado também, um trabalho lindo que surgiu na Dinamarca, em 2013, que costura e doa polvos de crochê para bebês prematuros em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) neonatais. É o Projeto Octo! A intenção dessas meninas, que têm sua base de trabalho no norte da Ilha de SC (e caminham juntas há dois anos), é de que, quando abraçado, o brinquedo transmita calma e proteção ao recém-nascido, já que os tentáculos remetem ao cordão umbilical e causam a sensação de segurança parecida à do útero materno.

Por onde passam, esses “polvos de amor”, como são carinhosamente conhecidos, provocam uma melhora significativa nos sistemas respiratório e cardíaco dos bebês, além de um aumento dos níveis de oxigênio no sangue.

Em tempo e importante: por questão de segurança, os polvos de crochê dever ser 100% de algodão para poderem ser lavados. Além disso, nos contam as meninas, é importante que os tentáculos não ultrapassem a medida de 22 centímetros. 

Está com um tempinho livre ou precisa preencher um horário disponível? Aprenda o passo a passo para fazer crochê? Clique aqui e saiba como.

Exemplos de solidariedade e amor são capazes de dar uma nova luz à vida não só de quem recebe, mas acima de tudo de quem oferta. Mais que isso, quem coloca um pouco de si numa atividade para transformá-la em prol do bem das pessoas, prova que a vida é muito mais que o corre-corre diário. 

Polvo confeccionado em crochê com fio 100% algodão e com enchimento de fibra siliconada antialérgica. Essa técnica é japonesa conhecida como Amigurumi. Escolha a cor e a personalização que deseja para seu produto.

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *